A Terapia como ponte para o Amor e a Presença

Propósito de Vida

17 mar 2017

Thomás e Ana são um casal que têm um espaço terapêutico e quiseram fazer uma Constelação Organizacional para ver algumas dificuldades que sentiam quanto à expansão do seu negócio.

Começamos a constelação colocando representantes para eles dois, a empresa e o propósito. Após alguns movimentos começou a ficar claro que os dois não compartilhavam do mesmo propósito. Para ele o propósito principal era a empresa; enquanto para ela o principal propósito era a família.

Depois de algumas intervenções, os dois começaram a entender que não precisavam ter necessariamente o mesmo propósito para viverem juntos. Mas que seria necessário que um respeitasse e honrasse o propósito principal do outro. Isso acontecendo a mulher poderia admirar o propósito do homem e segui-lo, apoiando-o; da mesma forma, o homem poderia honrar o propósito da mulher e apoia-la, ficando disponível para a família.

Percebo que no geral a mulher é mais ligada à família e a maior realização dela é através da mesma, enquanto que o homem necessita primeiramente se realizar financeiramente para se sentir preenchido e poder dar um passo em direção à família.

Claro que as duas coisas podem andar juntas, porém se não houver uma compreensão dos dois sobre essa ordem natural, eles podem perder muito tempo e energia com desentendimentos e brigas, em virtude de que cada um vai querer olhar apenas para o seu propósito, desmerecendo o propósito do outro.

O propósito de uma empresa deve ser amplamente discutido entre seus sócios pois será ele que no fundo regerá a mesma. Todos os sócios precisam entender que trabalharão à serviço do propósito, pois este será sempre maior do que a empresa.

Se isso está claro, a empresa, por seu lado, ressarcirá aos sócios o lucro sobre o seu investimento e devolverá à própria empresa um percentual para ser reinvestido em expansão e melhorias.

Guilherme Ashara – ‘Counselor’ com formação na Osho Multiversity, Puna- Índia. Atendimentos: Consultas, no rodapé da página inicial.

Deixe um Comentário